segunda-feira, 14 de janeiro de 2008

Desculpem a demora!...


Olá Gente,


Estou aqui para me desculpar pela demora em postar, não esqueci deste blog, mas minha falta de tempo foi gerada pelas inúmeras atividades que estou realizando no momento, incluindo a necessidade de atenção especial que um amigo tem dos meus tratamentos. Ele se encontra há alguns dias na UTI e estou lhe fazendo visitas diárias. Sua melhora tem sido considerável desde o início das minhas sessões, graças a Deus!


Talvez alguns amigos próximos leiam este post e como sempre faço, gostaria de ressaltar que não sou especial, não tenho dons nem sou uma coisa fenomenal, não gosto de ser tratado como uma pessoa diferente (não gosto de receber elogios nem agradecimentos pelo que faço). É uma concepção pessoal e bem fundamentada e que eu não gostaria de ficar discutindo sobre isso... Se alguém deve receber agradecimentos e ser admirado dever ser o único Mestre que nós temos: “Jesus”!


Bom, esse amigo que assisto no momento é uma pessoa muito boa e apesar de nossas diferenças de idade sempre conversamos muito no estudo dirigido à obra de André Luiz que ele sempre realizou em sua casa, sem falar que sempre moramos perto e ele me conhece desde criança. Sempre digo a irmãos com considerável diferença de idade: “apesar de nossa diferença de idade não somos diferentes, somos companheiros da mesma caminhada”.


Nos últimos dias tenho feito algumas reflexões e gostaria de compartilhá-las com vocês, não é de minha intenção criar polêmicas ou iniciar discussões que normalmente não chegam a lugar algum, apenas gostaria de expor meus sentimentos mais sinceros e deixar algo para a reflexão de vocês, e que cada um interprete como achar melhor...


Muitas vezes fico a me perguntar se a massa da população espírita acredita realmente no que prega... Pois não basta só ler e entender, mas quem está dentro dessa Doutrina maravilhosa deve praticá-la sem ter dúvida do que está fazendo! Senti bem isso nesses últimos dias, pois tive que agir em um meio extremamente hostil a mim e aos meus conceitos. O trabalho que realizo é uma mistura de Reiki, Apometria, Cromoterapia Mental, Magnetismo Animal e Passe Espírita. Para unificar todas essas ferramentas harmonicamente fui obrigado a excluir tudo o que é sem fundamento e místico, ela é realizada de forma simples e silenciosa, apenas com a imposição das mãos e o esforço mental (sem falar na ajuda de extrema importância da Espiritualidade Amiga, sempre presente nos trabalhos, e sem Eles nada existiria). Mesmo usando roupas normais, me senti o “fantoche” da UTI, em vão procurei um sorriso nos muitos rostos daquele bloco e nada favorecia a realização de um bom trabalho. O que me consolava era minha certeza do que estava fazendo e por conseguir visualizar a presença dos amigos desencarnados. Senti o preconceito na pele, as pessoas não se limitavam ao descrédito, mas tentavam de alguma forma atrapalhar! Fiquei a refletir como a tirania que senti foi infinitamente pequena perante as que os primeiros cristãos sofreram no início dos tempos...


Pensando bem sobre esse assunto, acabei chegando à seguinte conclusão: Sem lástimas meus amigos! Devemos perdoar a todos que ainda padecem da ignorância coletiva e deixemos que no momento oportuno todos abrirão seus olhos e passarão a enxergar a luz!...


Abraços e fiquem com Deus!

5 comentários:

Baby disse...

Oi, fiquei feliz em voltar e ver q postou, e sei muito bem o q vc quer dizer quanto ao preconceito e tal, mas lembre-se que mais sofreu o Cristo e naquele época de muita mais ignorância e depois de 2008 anos percebo q pouco evoluimos...beijos fraternos

Anônimo disse...

Olá meu nome é Rita, e estou começando a estudar sobre o espiritismo, pela obra de Kardec , claro e por blogs como o seu....perdi um filho recentemente vitima de cancer e isso foi um impulso, mas como me identifiquei com este post!!!!!Sempre vi o espiritismo de forma linda....no entanto para a grande maioria tem teoria mas fala o "ESPIRITO" ver além da filosofia, admiro o espiritismo e sei que aqui é o meu lugar pois amo Jesus Cristo em lugar algum vi tão belas interpretações da palavra do nosso Salvador...Parabens pelo blog...voltarei outras vezes.
Abraços Fraternos

Romero disse...

Rita, a Providência Divina vem me surpreender mais uma vez, nunca vi coisa tão maravilhosa.

Quase me emocionei quando vi vc aqui!

Vc pode não entender o porquê da minha alegria, mas na verdade faz tempo que eu desejava ver vc por aqui e no 'Espirita na Net'. Rita, estou muito, mas muito feliz mesmo em responder esse comentário!...

Aqui vc vai entender um pouco mais sobre como funciona o trabalho que desenvolvo ....

Acredito que vc tenha percebido que eu sou o mesmo ROMERO da Rede de Prece ...

Rita, seja muito bem-vinda e fique à vontade para comentar!...


Abraços Fraternos, minha amiga, e que Deus nos abençoe.

Anônimo disse...

Olá. Estou começando a estudar magnetismo, passes, reiki etc.
Por vezes me deparo com pessoas angustiadas, necessitadas mesmo. Ocorre que estes encontros são em público, e se eu fosse dar uma passe poderia constranger a pessoa, ou as pessoas que estão a volta.
Como faço para dar um passe sem que a pessoa perceba, para não se criar constrangimentos?

Romero disse...

Olá Anônimo,

Pode sim! Só não será mais considerado um passe, e sim uma Projeção.
Funciona da seguinte forma: Vc projetará uma energia que sairá de sua mente, focando o ponto desejado no paciente, sua vibração chegará ao mesmo e na medida do possível será absorvida... Em tese é isso!

Certa vez, estava eu fazendo um curso de aperfeiçoamento na minha área de atuação profissional e por várias vezes notei um aluno muito problemático, era evidente que o rapaz passava por diversas provações na vida, por vezes tentei puxar assunto com ele mas o mesmo não parecia estar muito interessado em novas amizades...

Passei a observá-lo e notei que todo intervalo de aula ele sentava-se na escadaria e colocava a cabeça entre as pernas, parecia uma pessoa chorando... Daí decidi fazer a mesma coisa que vc está pensando em fazer... Me posicionei uns 5 metros atrás do rapaz (fui forçado a ficar no sol) e comecei o procedimento. Quando se passaram alguns minutos, notei que o rapaz começou a se agitar, apesar de não notar minha presença, pois ainda estava de cabeça baixa, começou a se incomodar com alguma coisa, estava indo tudo certo, quando o resto da turma 'estragou' o trabalho, o pessoal da sala notou minha seriedade, plantado no sol escaldante e começou a brincar comigo (tiraram a maior onda com minha cara).... Ficaram sem entender e nem cabia a mim tentar explicar ao povo o que fazia ali....

Achei pouco proveitoso, pois o paciente agitado não deixa a energia penetrar, depois desta vez não tive mais nenhuma oportunidade de realizar o mesmo feito.

Outro ponto que quero deixar claro é para quem tentar fazer ter muita cautela, pois toda Espiritualidade que estiver no ambiente vai encima de vc com todo gás! Vc deve estar bem sintonizado com seu mentor (anjo da guarda) pois provavelmente vai precisar dele. Neste caso que contei logo no início, veio correndo até mim um suicida desencarnado que morava no corredor do mesmo andar que tínhamos aula, graças a Deus a energia que consegui expelir foi tão forte que ele não aguentou e saiu correndo, gritando 'adjetivos' à minha pessoa. Fora isso, existe o perigo do paciente ter algum obssessor, que vai encima de vc antes que vc termine o primeiro pai-nosso!

Olha, não quero ser negativo nem pessimista, apenas quero mostrar que isso não é brincadeira, e quem for fazer deve estar apto para tanto, pois senão pode ser prejudicado... Não quero desestimular ninguém a fazer o bem, pelo contrário! As pessoas devem estar preparadas para fazer o bem, senão vai terminar dando mais trabalho à Espiritualidade Amiga do que o próprio enfermo!

Peço desculpas pelas minhas palavras, mas foram sinceras.... Espero que de alguma forma eu tenha lhe ajudado, pena que vc não se identificou, mas tudo bem!!!

Forte Abraço, que Deus nos ilumine e volte sempre!

Att. Romero.